Buscar
  • Galcorr Marketing

PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE NOVO CORONAVÍRUS

Fonte: Material divulgado pela SulAmérica Saúde


1. O que é coronavírus? Coronavírus é uma família de vírus que causam doenças em animais e em humanos. Em humanos, causam infecções respiratórias, que variam do resfriado comum a graves doenças como a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS) e a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS). Um novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China e provoca a doença chamada COVID-19.

2.O que significa COVID-19? COVID–19 é o nome da doença infecciosa causada pela nova cepa do coronavírus descoberta em dezembro de 2019.

3. Como é definido um caso suspeito de coronavírus? A definição depende do quadro clínico do paciente. Veja abaixo algumas situações.


A. CASO SUSPEITO DE DOENÇA PELO CORONAVÍRUS 2019 (COVID-19)

Situação 1:

Febre e pelo menos um sinal ou sintoma respiratório (tosse, dificuldade para respirar, batimento das asas nasais, entre outros) e histórico de viagem para área com transmissão local, de acordo com a OMS, nos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais ou sintomas;



Situação 2:

Febre e pelo menos um sinal ou sintoma respiratório (tosse, dificuldade pa

ra respirar, batimento das asas nasais, entre outros) e histórico de contato próximo com alguém que tenha suspeita de infecção por coronavírus (COVID

-19) nos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais ou sintomas


B CASO PROVÁVEL DE DOENÇA PELO CORONAVÍRUS 2019 (COVID-19)

Alguém que tenha tido contato próximo, como domiciliar, com uma pessoa

que recebeu diagnóstico positivo para coronavírus, com confirmação

laboratorial, e apresentar febre E/OU qualquer sintoma respiratório

até 14 dias após o último contato com a pessoa infectada


C CASO CONFIRMADO DE DOENÇA PELO CORONAVÍRUS 2019 (COVID-19)

1 Critério Laboratorial:

Resultado positivo em RT PCR COVID-19, pelo protocolo Charité (protocolo desenvolvido pelo Institute of Virology –Charité, para realização do exame) Clique aqui para mais informações


2 Critério clínico-epidemiológico:

Alguém que tenha tido contato próximo, como domiciliar, com uma pessoa que recebeu diagnóstico clínico positivo para coronavírus e apresentar febre E/OU qualquer sintoma respiratório até 14 dias após o último contato com a pessoa infectada.


4. Quais os sintomas do coronavírus?

Os principais sintomas de coronavírus são febre, tosse e dificuldade para respirar. Os sinais são semelhantes a um resfriado.

Alguns pacientes podem apresentar também dores, congestão nasal, corrimento nasal, dor de garganta ou diarreia. Estes sintomas, geralmente, são leves e começam gradualmente. Porém, algumas pessoas infectadas não

apresentam sintomas e não se sentem mal. Idosos, hipertensos,

diabéticos e cardiopatas possuem maior probabilidade de desenvolver

doenças graves. Pessoas com febre, tosse e dificuldade em respirar devem

procurar atendimento médico e informar se estiveram em viagens fora do

Brasil. No entanto é importante reforçar que o coronavírus COVID–19

ainda precisa de mais estudos e investigações para caracterizar melhor os

sinais e sintomas da doença.


5. Como o coronavírus é transmitido?

A transmissão ocorre pelo ar ou por contato pessoal com secreções

contaminadas. Alguns exemplos: gotículas de saliva; espirro; tosse; catarro;

contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão; e contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido do toque na boca, nariz ou olhos. A transmissibilidade dos pacientes infectados ocorre antes do

aparecimento dos sintomas e/ou até 14 dias após o início deles. O período de incubação do coronavírus é de 2 a 14 dias, tem porque os primeiros sintomas levam para aparecer.


6. Qual exame detecta o coronavírus?

O exame específico é chamado de PCR em tempo real para novo coronavírus. Este exame não está indicado em indivíduos assintomáticos ou com sintomas leves.


7. Toda pessoa que viajou para áreas de risco deve fazer o exame?

Não há indicação de exame em pessoas assintomáticas. Pessoas que

viajaram e apresentam sintomas como febre associada à tosse ou

dificuldade de respirar há menos de 14 dias

devem procurar o médico de confiança ou serviço de saúde.


8. Como é realizado o tratamento?

Não existe tratamento específico para infecções causadas por coronavírus

humano. A indicação é repouso, consumo de bastante água e uso de

algumas medidas para aliviar os desconfortos como uso de medicamento

para dor e febre (antitérmicos e analgésicos) e/ou uso de umidificador no

quarto para auxiliar no alívio da tosse. Os pacientes que recebem alta

antes de 14 dias do início do quadro devem manter atenção aos sintomas.

Complicações tardias podem ser: reaparecimento de febre ou sinais respiratórios, como dispneia, dor pleurítica e fadiga.


9. Existe vacina para o COVID-19?

Até o momento não existe vacina para o COVID-19. Possíveis vacinas e

alguns tratamentos medicamentosos específicos estão sob investigação.

Não há indicação até o momento para uso de antibióticos ou oseltamivir no

tratamento ou prevenção da infecção pelo COVID-19. A melhor maneira de

aumentar a imunidade é garantindo uma alimentação e hidratação adequadas, assim como repouso.


10. Como prevenir a contaminação por coronavírus?

As orientações do Ministério da Saúde são cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre os cuidados

estão:

• Lavar frequentemente as mãos com água e sabonete por, pelo menos,

20 segundos, respeitando os 5 momentosde higienização(clique aqui). Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

• Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

• Evitar contato próximo com pessoas doentes;

• Ficar em casa quando estiver doente;

• Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel descartável, que deve ser depois ser jogado no lixo;

• Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com

frequência;

• Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Matriz São Paulo/SP

Filial Rio de Janeiro/RJ

Escritório Recife/PE

Rua Gomes de Carvalho, 1510

7º andar
Vila Olímpia - São Paulo
Fone: (11) 3478-0999

Avenida Rio Branco, 115

19º andar
Centro - Rio de Janeiro
Fone: (21) 3983-2240

Praça Miguel de Cervantes, 60

Sala 402 - Ed. Pernambuco Corporate
Ilha do leite - Recife - CEP 50070-525
Fone: (81) 2129-0000

© 2020 Millhouse.com.br

Nos siga nas redes: